terça-feira, 16 de março de 2010

... espaço pra falar de gente muito bacana ...

Entre os dias 12 e 18 de abril, Carlinhos Veiga e banda estarão na cidade histórica goiana de Pirenópolis gravando seu primeiro DVD. Será um registro do trabalho que o grupo tem realizado nos últimos anos em eventos culturais pelo Brasil e exterior. No repertório canções dos seis CDs gravados e algumas canções novas.



As gravações acontecerão durante toda a semana mesclando cenas externas, nas ruas da cidade e em fazendas da região, com os shows programados para os dias 16 e 17, sexta e sábado, abertos ao público. Estes shows acontecerão no Cine Pireneus, construído em 1919.

Pirenópolis foi fundada em 1727, na época do ciclo do ouro em Goiás. Por vários anos caminhou na vanguarda da arte no estado. No século 19, quando ainda se chamava Meia Ponte, destacou-se como berço da música goiana por meio de vários maestros que ali residiam. Foi nessa cidade também que surgiu o primeiro jornal do estado, chamado Matutina Meiapontense. Nesse contexto de efervescência cultural nasceu o artesão de obras-primas sacras Veiga Valle, o mais renomado artista da região. Em 1899 foi construído o Theatro de Pirenópolis e em 1919 o Theatro Pireneus, que em 1936, com a chegada do cinema à região, passou a se chamar Cine Pireneus, local que receberá os shows do DVD.

Duas festas folclóricas principais marcam a cidade: as Cavalhadas, que remontam a guerra entre os mouros e cristãos, e a Festa do Divino. A sua programação cultural é intensa, recheada de eventos literários, musicais nos diversos estilos (instrumentais, populares e eruditos), exposições de artes plásticas e esculturas, além de variadas expressões de artesanato. No ano de 1997 o centro histórico foi totalmente revitalizado, recuperadas as igrejas, os prédios principais e a antiga ponte de madeira do Rio das Almas. Pirenópolis é uma cidadezinha linda e aconchegante. Certamente não haveria melhor cenário para esse DVD.

A Toca de Barro Filmes, dos paulistas Davi Julião e Jader Gudin – criadores do Plataforma, está responsável pela produção do vídeo. O Estúdio Zero Db, de Goiânia, cuidará da captação, mixagem, edição e masterização do áudio. Somando tudo isso à música de Carinhos Veiga e ao cenário esplendoroso de Pirenópolis, pode-se esperar um bom trabalho.
Fonte: http://www.ultimato.com.br/blog/