segunda-feira, 19 de abril de 2010

... como negar o inevitável?

Nas escolas e universidades da Inglaterra, estão sendo cooptados e doutrinados os novos guerreiros da jihad: os próprios filhos dos cidadãos ingleses muçulmanos. Muitos deles já participaram de atentados terroristas na própria Inglaterra e em outros países ocidentais. E o governo britânico, o que faz? Intoxicado pelo multiculturalismo suicida, covarde e "politicamente correto", simplesmente se nega a admitir que o país está em plena guerra religiosa. Eis o que denuncia a jornalista inglesa Melanie Phillips.
A jornalista inglesa Melanie Phillips descreve a política suicida de combate ao terrorismo adotada pelo governo ...

Parte 1



Parte 2



Fonte: www.midiasemmascara.org