quinta-feira, 27 de maio de 2010

... preconceito com todas as raças e credos...


Importância do conceito
de «Islamofobia» em debate



A importância do conceito de “islamofobia” será amanhã abordada no encontro «Muslims in Europe and Islamophobia - A Workshop of Research in Progress and Symposium», uma organização da rede MEL (Muçulmanos em Espaços Lusófonos), do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, e do programa britânico «Our Shared Europe», do British Council.

Em conversa com o «Ciência Hoje», Nina Clara Tiesler, responsável pela iniciativa, explica que o encontro se divide em duas partes. “Na primeira vão ser apresentados trabalhos que estão a ser desenvolvidos por investigadores de várias universidades europeias, incluindo a Universidade de Lisboa”. A segunda parte é um simpósio onde participam os especialistas britânicos autores do livro «Thinking through Islamophobia».

Para investigadora é necessário tratar e pensar o conceito de “islamofobia” pois a discriminação contra os muçulmanos não é abordada como uma questão de racismo. “Na sociedade ocidental, os muçulmanos não podem lutar pelos seus direitos porque os tribunais não consideram os actos contra os muçulmanos como actos de racismo. Isto porque ser muçulmano não implica pertencer a uma “raça” específica e o próprio conceito de raça é uma construção social”.