terça-feira, 18 de janeiro de 2011

... ainda bem mesmo ...

... que existe a música, a poesia, as palavras, o vento, a memória e as noites!