terça-feira, 18 de janeiro de 2011

... ainda bem ...

... que a vida não pára.
Assim, a gente pode lutar para ser inteiro e viver inteiro essa vida tão rara, tão rápida, tão curta!