terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Ao mestre da Arte Brasileira

Homenagem aos 50 anos de morte de Portinari

50% de desconto nos 50 anos de morte de Portinari
Há exatos 50 anos, morria o paulista Cândido Portinari (1903-1962), o pintor brasileiro que mais alcançou projeção internacional. Para marcar a data, o livro Portinari: o pintor do Brasil, de Marilia Balbi, estará com 50% de desconto do dia 06, hoje, ao dia 12, domingo.
O contato para a compra do livro com desconto deve ser feito para o e-mail vendasboitempo@gmail.com, com o assunto “Promoção Portinari”. O pedido deve conter o endereço completo (com CEP) para cadastro como cliente e cálculo do frete, além do número do RG e CPF. Nas compras acima de R$150,00 o frete será grátis para todo o país. O pagamento será feito por meio de depósito em conta corrente a ser posteriormente informada. A promoção está sujeita à disponibilidade do livro em estoque.
A promoção da Boitempo é o destaque de hoje na coluna Paulistices do jornal O Estado de S. Paulo. Confira aqui
A partir de amanhã, os famosos painéis Guerra e Paz, de Portinari, estarão expostos no Memorial da América Latina – até 21 de abril.
Sobre o livro
Portinari: o pintor do Brasil integra a coleção Paulicéia, um projeto da Boitempo que apresenta perfis de personagens, personalidades, retratos de bairros, ensaios breves sobre temas ligados à história paulista e paulistana e ficções que têm por cenário a cidade e o estado de São Paulo.

Portinari, da pequena Brodósqui, interior de São Paulo, foi o primeiro pintor que revelou a saga dos trabalhadores brasileiros, oprimidos primeiro pelo capataz da fazenda, na lavoura das grandes fazendas do estado de São Paulo. Retratou o homem e o seu trabalho na lavoura da cana, do café, do algodão ao garimpo, imortalizados na pintura do lavrador de café, o mestiço, a colona, a mulher na lida pelo Brasil afora. Como o operário das cidades, o estivador, o sorveteiro, o músico, das festas de Brodósqui aos boêmios do Largo do Machado no Rio de Janeiro. O homem, a mulher, o índio, o negro, a dor, a alegria, a paz e a guerra foram retratados por Candido Portinari.

Foi o primeiro a revelar a dor e a miséria provocada pela seca no Brasil, com os retirantes nordestinos que vinham à pé para Brodósqui, no começo do século XX, fugindo dos tempos difíceis do sertão brasileiro. Sua obra social ganha o mundo com as brincadeiras das crianças de Brodósqui, que ele mesmo as viveu e as eternizou com os painéis Guerra e Paz. Portinari também desvenda a nossa história, a devoção do povo brasileiro, retrata personagens que marcaram profundamente a nossa história, como os amigos Mário de Andrade, Graciliano Ramos, este parceiro no partido comunista brasileiro, entre outros.
Ficha técnica
Título: Portinari
Subtítulo: o pintor do Brasil
Autor: Marilia Balbi
Páginas: 176
Ano: 2003
ISBN: 85-7559-039-1
Preço: R$ 35,00 (R$ 17,50 com 50% de desconto)
Editora: Boitempo