segunda-feira, 4 de junho de 2012

Ministérios da Saúde e Educação lançam portal de evidências em saúde


Mais de 900 mil profissionais de saúde já podem acessar publicações atualizadas que poderão servir de base para decisões e diagnósticos
Os ministros da Saúde, Alexandre Padilha e da Educação, Aloizio Mercadante, lançaram terça-feira (29), no auditório da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), em Brasília, o portal “Saúde baseada em evidências” (http://periodicos.saude.gov.br). 
Criado pelo ministério da Saúde em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), a nova ferramenta é voltada aos profissionais de saúde, especialmente os da rede pública, vinculados ao respectivo Conselho Profissional. Terão acesso ao conteúdo os profissionais das áreas de Biologia, Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Psicologia e Serviço Social.
No Portal “Saúde baseada em evidências” serão disponibilizados conteúdos científicos aos profissionais da rede do SUS, com acesso rápido a publicações sistematicamente revisadas providas de protocolos clínicos baseados em evidências, a fim de fundamentarem suas decisões em pareceres ou diagnósticos, bem como ministrarem medicamentos ou tratamentos, entre outros procedimentos inerentes a cada área de atuação.