sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Elodie Bouny - Violonista em Goiânia

Imagem
        inline 1
Neste domingo, 12, receberemos pela Série GOVIO, a violonista venezuelana Elodie Bouny às 11:00 no Centro Cultural UFG, situado à  Av. Universitária, 1533 – Setor Universitário – Goiânia/GO. O repertório conta com obras próprias e latino-americanas. Ingressos: R$20 (inteira) e R$10 (meia-entrada)
Confira a entrevista de Elodie Bouny no Programa do Jô: 


Nascida em 1982 na Venezuela de mãe boliviana e pai francês, Elodie Bouny cresceu em Paris onde trilhou um longo percurso de estudos em Música Clássica, com enfoque no violão erudito no Conservatório de Boulogne; ela obteve seu Diploma Final com a menção mais alta por unanimidade (2000).
Aperfeiçoou-se seguidamente com Pablo Márquez no Conservatório de Estrasburgo, onde encontrou a oportunidade de alargar sua cultura e abrir o seu campo de trabalho em especial à música antiga e à música improvisada. Formou-se em 2005 obtendo o seu D.E.M. (Diploma de Estudos Musicais). Durante o período de estudos, completou sua formação frequentando diversos master classes com personalidades eminentes e realizou cursos com enfoque na música sul-americana. Ela integrou, durante algumas semanas, a classe do violonista Juan Falù no Conservatório Nacional de Folclore de Buenos Aires.
Foi premiada em vários concursos internacionais, tais como: 3° Prêmio do Concurso ADMIRA (Reino Unido, 2001); 1° Prêmio do Concurso UFAM (2003); 2° Prêmio do Concurso de Eschende (Holanda, 2006); 2° Prêmio do Concurso AV-Rio (Rio de Janeiro, 2009); 1° Prêmio do Concurso da BRAVIO (Brasília, 2009); e, 3° Prêmio do Concurso do Conservatório Villa-Lobos (São Paulo, 2009).
Elodie Bouny participou de vários festivais como, por exemplo, o Festival Guitarras del Mundo (Argentina; 2004 e 2005), Seis cordas para uma semana na Ilha da Reunion, Festival Internacional de Música Besançon, Jazzdor (Estrasburgo, França), Festival Jeunes Creations (Besançon;França)…
Atualmente mora no Rio de Janeiro e desenvolve vários projetos artísticos, entre eles o Duo Ida e Volta (violão-flauta) com Letícia Malvares, apresentando um repertório de música sul-americana. O lançamento do seu primeiro disco solo “Terra Adentro” foi distribuído pela gravadora Estúdio Casa.
Elodie Bouny também se dedica à composição para violão; em 2009, a sua peça “Et si le temps passe”, escrita para o violonista Gilson Antunes, foi publicada pela editora canadense Les Productions d’Oz.

Programa
Alfredo Dominguez (1938- 1980)
Feria/Leyenda
Juan Falu (1948-)
La Antuquera
Guillermo Rizzotto (1980-)
Carnavalito
Agustín Barrios (1885-1944)
Mazurka Apassionata
Alfredo Dominguez (1938- 1980)
La Processión
Radamés Gnattali (1906-1988)
Saudades
Elodie Bouny (1982-)
La desconfiada
Anjo
Valsa portuguesa
Abraços do sul 
Yamandu Costa (1980-)
Adentro
Elodie Bouny (1982-)
Conversa das flores