domingo, 14 de outubro de 2012

De véspera, já há inquietação

Hoje é véspera do dia dos professores.

Fico pensando o quanto isso é simbólico e o quanto fica apenas simbólico nas mãos do Estado brasileiro. Eu gostaria que de simbólico passasse a ser praticado com respeito, melhores condições de trabalho, salário digno à exímia função social e soberana que cumprimos para a manutenção da nação brasileira.

Minha lembrança a todos, que o que comemoramos, diz respeito unicamente ao esforço que cada um de nós, professores e professoras, faz para tocar essa nação que está em franco estado de desenvolvimento e na mesma proporção, em desrespeito aos educadores de instituições públicas e privadas.

AOS PROFESSORES E PROFESSORAS DO BRASIL, FORÇA NA LUTA, A LUTA É DE TODOS OS DIAS, DIA APÓS DIA!