domingo, 18 de novembro de 2012

Sindrome do Bebê Sacudido

Como a informação é muito importante e para não ficar falando com as minhas palavras, resolvi trazer na íntegra o post da Rede Cooperação Criança e Paz.
Um alerta para os pais, tios, parentes que se acham muito bons, corajosos e acham que a brincadeira é o melhor atrativo que tem a oferecer à criança.


------------
Queridas pessoas

Como noticiamos, estivemos, Figueiró e eu palestrando sobre violência contra criança e Prevenção da Síndrome do Bebê Sacudido em SP no Programa Mãe Paulistana e em Curitiba no Rotary, a convite do Dr Marcelo Santos, médico legista que encontrou dois casos de crianças que morreram por serem sacudidas.
Essa síndrome é pouco conhecida, mesmo entre profissionais de saúde e é uma causa importante de violência grave contra bebês e crianças até 3 anos, sendo mais comum até os quatro meses de idade.
A Dra Nahara Laterza, da UFSCar criou na Rede um grupo sobre a prevenção da Síndrome do Bebê Sacudido e eu postei ali um resumo de artigos científicossobre SBS e alguns artigos na íntegra em inglês, inclusive os dois artigos de Caffey, descobridor da síndrome.

Convidamos os interessados em conhecer e difundir essas informações e mães, pais, cuidadores e demais pessoas que lidam com bebês, a entrar no grupo e acompanhar as experiências.

Tivemos recentemente um caso em MG, de uma criança vítima de SBS, noticiado em:
http://terratv.terra.com.br/videos/Noticias/Brasil/4194-421911/Sindrome-do-b
É preciso esperar acabar o anúncio para ver o vídeo. Coisas da Internet...

Muitas vezes esse tipo de lesão pode ser causado por brincadeiras violentas, embora a maior parte dos casos aconteça por uma adulto frustrado com o choro inconsolável do bebê. Há dois vídeos na nossa Rede sobre a Síndrome, um dublado pelo Figueiró na UFSCar e outro legendado pelo instituto Zero a Seis.
Vejam a foto que tirei da revista Marie Claire em edição especial de fevereiro onde jogam o bebê para o alto e deixam cair na água: 

 

Abs e boa semana
Vera
Visite Rede Cooperação Criança e Paz em: