terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Felicíssimo Ano Novo

Postei Geraldo Vandré no final de 2009, ele volta hoje com "O Plantador". O  caminho, o percurso, a trajetória diz muito do que somos. Isso ajuda a explicar porque as pessoas em geral, quando olham para você, avaliam sua vida a partir unica e exclusivamente pelo que conseguem ver e ignoram tudo que você viveu, sentiu, sofreu e sorriu para chegar até aqui.

A ano novo pode até ter começado hoje, mas a cada decisão tomada, um novo tempo se inicia em nossas vidas! 

Feliz ano novo e feliz tempos novos!






Quanto mais eu ando,

mais vejo Estrada.
Mas se eu não caminho,
não sou é nada.
Se tenho a poeira
como companheira,
faço da poeira
o meu camarada.
Se tenho a poeira
Como companheira,
faço da poeira
o meu camarada.
O dono quer ver
a terra plantada.
Diz de mim que vou
Pela grande estrada:
"Deixem-no morrer,
não lhe deem água,
que ele é preguiçoso
e não planta nada."
Eu que plantei tudo
e não tenho nada,
ouço tudo e calo,
na caminhada.
Deixem que ele diga,
que eu sou preguiçoso,
mas não planto em tempo
que é de queimada.
Deixem que ele diga,
que eu sou preguiçoso,
mas não planto em tempo
que é de queimada.