terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

A incapacidade humana de reconhecer

O ser humano ainda não é capaz de assumir o quanto destrói o seu próprio habitat e procura buscar as mais instáveis desculpas para seu comportamento voraz e auto-destrutivo. Acompanhe a matéria por Najar Tubino que trouxe do site Carta Maior.






Desmatar, poluir a atmosfera, aumentar a temperatura, desregular o clima, migrar para aglomerados urbanos e transitar em alta velocidade pelo planeta não geram consequências para a própria espécie? Neste artigo, Najar Tubino debruça-se sobre dados da Organização Mundial de Saúde e de inúmeras pesquisas acadêmicas para mostrar como as transformações geradas pelo homem já geram efeitos dramáticos sobre ele mesmo.

Leia a matéria na íntegra clicando AQUI