sexta-feira, 17 de maio de 2013

A educação do corpo na sociedade do capital - Tadeu João Ribeiro Baptista

Para mim é um grande prazer e alegria divulgar a produção de um amigo. O prof. Tadeu Baptista merece reconhecimento e distinção por seu empenho, esforço e dedicação para contribuir e qualificar o debate da educação física no viés sobre as concepções de corpo nessa sociedade tal qual conhecemos.

Parabéns Tadeu!


O corpo é a expressão material/espiritual do ser humano e, por isso, está subordinado à organização material da existência. Em outras palavras, isso significa considerar o trabalho como o elemento constitutivo do corpo em toda a história. Compreender a maneira como o trabalho organiza a nossa existência corporal, considerando ainda as características particulares dos processos de alienação, fetiche e reificação é o foco central desta obra. Assim, a partir da perspectiva do materialismo dialético, este texto procura compreender, sobretudo, como o processo de trabalho capitalista em suas leis mais gerais e a indústria cultural como um dos postos avançados na disseminação de um modelo de corpo considerado saudável e belo, contribuem para o processo de Educação do Corpo na sociedade Capitalista.
Partindo predominantemente de autores de base dialética materialista como Marx, Lukács e Adorno, pretendemos entender o processo de determinação das relações sociais que entendem o corpo da consciência e a consciência do corpo como lócus de intervenção do modelo de produção vigente.

Informações sobre a obra e aquisição clique AQUI