sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Dossiê: Pierre Bourdieu, da sociologia à educação. Revista Tempos e Espaços UFS

Começa agosto e nada mais característico do Blog do Sérgio, do que anunciar que uma revista está programando uma publicação especial.

O Blog anuncia que está sendo organizado um dossiê sobre Pierre Bourdieu (intitulado "Pierre Bourdieu: da sociologia à educação") para a Revista Tempos e Espaços em Educação, da Universidade Federal de Sergipe. Caso você tenha interesse em participar, abaixo seguem as informações.




REVISTA TEMPOS E ESPAÇOS EM EDUCAÇÃO – Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Sergipe (UFS)

EMENTA DO DOSSIÊ
“PIERRE BOURDIEU: DA SOCIOLOGIA À EDUCAÇÃO”
O “Dossiê Pierre Bourdieu: da Sociologia à Educação” tem como objetivo oportunizar, aos pesquisadores que trabalham com o arcabouço teórico-metodológico do sociólogo francês Pierre Bourdieu, o debate e o diálogo em relação às construções teóricas e empíricas que se relacionam aos campos da sociologia e da educação, em especial, bem como a temáticas diversas que podem ser analisadas com o olhar bourdieusiano quanto aos fenômenos contemporâneos. Assim, pretende-se, com ensaios, artigos, resenhas, conferências ou comunicações, ampliar as discussões e possibilidades de atuação/reflexão/formação no campo das Ciências Sociais e Humanas, mobilizando diversas áreas de interesse, como História, Sociedade e Pensamento Educacional; Formação de Educadores; Educação e Movimentos Sociais; Educação Ambiental; Educação e Comunicação; Educação; Práticas Culturais e Escolares, entre outras.
 
CRONOGRAMA:
Entrega do texto: 30 de outubro/2014
Previsão de publicação: abril/2015
 
Diretrizes para Autores
As colaborações para a Revista Tempos e Espaços em Educação da UFS, resultado de investigações ou ensaios científicos devem respeitar as seguintes especificações:
 
Artigos inéditos de autores brasileiros e estrangeiros, escritos em Português, Francês, Inglês e Espanhol, relacionados à educação, formatados em corpo 12, Times New Roman, espaço 1,5. As menções de autores no texto devem subordinar-se ao modelo (autor-data) ou (autor-data-página), como nos exemplos: (Adorno, 1983) ou (Adorno, 1983, p. 80). Para obras sem autoria, entrar pela primeira palavra do título em maiúsculo. Exemplo: (DISCURSO de Theodor W. Adorno, 1963). Aos diferentes títulos do mesmo autor, publicados no mesmo ano, adiciona-se uma letra depois da data. Exemplo: (Adorno, 1963a), (Adorno, 1963b) etc. Notas e bibliografia no final do texto. As referências bibliográficas devem seguir as normas da ABNT. Os trabalhos devem apresentar três palavras-chave, título, resumo (máximo 15 linhas) em três idiomas: português e inglês, obrigatoriamente, espanhol ou francês. O resumo/abstract/resumén que não ultrapasse 15 linhas. Os textos devem ser escritos com no mínimo 15 e no máximo 25 laudas, em papel tamanho A4. O autor deve também fornecer dados relativos à sua formação acadêmica e área de atuação profissional, bem como endereço eletrônico para correspondência com os leitores.
Maiores informações: